segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Óleos vegetais e seus benefícios

Olá pretas! Como estão?
Hoje venho falar dos óleos vegetais e trazer um pouco da eficácia de cada um para os nossos crespos.


ÓLEO VEGETAL:
O óleo vegetal é uma gordura extraída de plantas formada por triglicerídio. Apesar de, em princípio, outras partes da planta poderem ser utilizadas na extracção de óleo, na prática este é extraído na sua maioria (quase exclusivamente) das sementes.

NOS CABELOS:
eles possuem dupla função: além de nutrirem os fios, pois são ricos em vitaminas, ainda funcionam como selantes, retendo a hidratação no cabelo por mais tempo. Cada óleo possui uma propriedade diferente. Por isso, é interessante procurar produtos com diferentes óleos vegetais em sua composição.




Óleo de rícino (castor oil) - engrossa e fortalece o fio, contribuindo para seu crescimento. Ajuda também no combate ao frizz e às pontas duplas, além de prevenir infecções por bactérias e fungos no couro cabeludo.

Óleo de abacate (avocado oil) - contém altíssimo teor de vitaminas A e E, aminoácidos e ácidos graxos muito parecidos com aqueles naturalmente encontrados na nossa pele. Doa brilho e fortalece os fios.

Óleo de oliva (olive oil) - nada mais nada menos que o azeite extra-virgem. Ótimo para hidratação, para fortalecer os fios e combater a perda de cabelo.

Óleo de coco (coconut oil) - previne a caspa, promove crescimento capilar, fortalece e engrossa os fios Já existem estudos mostrando que o óleo de coco efetivamente penetra no fio de cabelo, prevenindo e reparando danos, função semelhante à das proteínas dos tratamentos reconstrutores.

Óleo de jojoba (jojoba oil)- contém vitamina E e antioxidantes, que preservam a cor e a integridade dos cabelos. Por ser bastante escorregadio, mas não grudento, é ótimo para ajudar a desembaraçar os fios.  Sua composição química é bastante similar à do sebum natural excretado pela pele e pelo couro cabeludo. Auxilia na regeneração e cicatrização cutânea.
 
Manteiga de karité (shea butter) - é uma substância oleosa que, quando em seu estado natural, fica sólida em temperatura ambiente, mas pode se liquefazer em tempos de calor. Contém vitamina A e E. Absorve a radiação UV, o que a torna um protetor solar ótimo para os cabelos. É a queridinha das naturalistas encarapinhadas pelo planeta!

Óleo de argan (argan oil) - um óleo de mil e uma utilidades! Além de ser ótimo para a pele e para as unhas, nutre o cabelo, auxiliando na maleabilidade e a fortalecer os fios.

Além destes, todos muito bem cotados pelas naturalistas blogueiras de todas as partes do mundo, existem muitos outros óleos: macadâmia, andiroba, castanha-do-pará, girassol, semente de uva, linhaça, cacau...

Estes óleos devem ser usados na nutrição ou umectação dos fios, e se o cabelo for muito seco como o meu, deve ser usado em pequenas quantidades diárias, adicionando em um borrifador com as famosas misturinhas.

Eu uso diariamente nas minhas misturinhas o óleo de rícino, pelo motivo acima e me dá um perfeito resultado auxiliando o meu After Day. É facilmente encontrado em farmácias e drogarias e o valor não passa de R$ 5 pilas aqui na minha cidade RJ.
Já nas minhas nutrições e umectações eu uso manteigas, mousses vegetais feitos por mim (veja aqui) e adoro o óleo de tutano também (veja aqui). As manteigas são encontradas em casas de essências e o tutano no açougue.


Em fim, espero que tenham gostado do post e das dicas, eu fico por aqui.
Aproveitem!