sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Estrutura capilar (parte 3) Tipos, formas, problemas e ciclo




Olá pessoas! Como estão?
Essa é a 3ª parte da nossa série, fiquem a vontade, não é um material didático porém tem muitas informações necessárias aos curiosos como eu.
Se você chegou agora na caixa(da)preta, saiba mais sobre a intenção desta série aqui.
E se você perdeu os posts anteriores, clique aqui para ver a 1ª parte e clique aqui para ver a 2ª parte.

Simbora pessoal!




TIPOS DE CABELO

Eita informação difícil! São tantos os tipos que é difícil listar. Porém, existem os mais comuns e são esses que eu vou citar para não deixar esse tópico em branco. (sinceridade)

Liso
Cacheado 
Ondulados
Crespo 

Podem ser oleosos, secos, normais e mistos.

FORMAS

Sua forma é ligada ao tipo de cabelo e as mudanças químicas e/ou mecânicas.

Liso: forma lisa.
Cacheado: forma de espiral.
Ondulados: forma de "S"
Crespo: geralmente com pequenos cachos em forma de espiral ou "Z"





PROBLEMAS

Pontas duplas;
Diretamente ligado fio de cabelo e não ao couro cabeludo, aparecem quando a estrutura do fio está fragilizada, por danos mecânicos (Exposição ao sol, ar seco, vento, secador, chapinhas, desgaste natural etc.) e por danos químicos (Relaxamento, alisamento, tinturas etc.).

Oleosidade;
Denominação cosmética para cabelos com alto teor de óleo devido a produção excessiva de gordura pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo.
Ficam com aspecto sujo muito rapidamente, passar a mão e lavar os cabelos com água muito quente potencializa a oleosidade.
O cabelo oleoso tende a ter a irrigação distribuída ao longo dos fios, diminuindo a irrigação da raiz, o que aumenta a perda de cabelo (calvice)

Secos;
Cabelos não sedosos, devido a pouca produção das glândulas sebáceas do couro cabeludo, não sendo suficiente para lubrificar o cabelo até as pontas, causando pouca hidratação. Consequentemente o cabelo tem pouco brilho e é quebradiço.

Frizz;
Ocorre quando o cabelo está desidratado, os fios ficam literalmente arrepiados, pode ser ocasionado por cabelos quebrados.

Queda;
Ocorre com o cabelo danificado por problemas físicos ou mecânicos, ou problemas na saúde.



CICLO

Anágena: 
Fase de crescimento do cabelo. Em um couro cabeludo com condições normais e saudáveis, dura de 2 a 6 anos.

Catágena: 
Fase intermediária do ciclo de vida do cabelo. Dura de 1 a 2 semanas.

Telógena: 
Fase e eliminação dos cabelos mortos. Dura de 5 a 6 semanas. Nesta fase os cabelos maturam para então caírem do couro cabeludo.
85% do nosso cabelo está na fase Anágena que é a fase do crescimento.
15% estão na fase Catágena, que é a fase de repouso, ou na fase Telógena, que é a fase da queda ou troca dos fios.
A perda diária normal está entre 50 a 100 fios. Numa queda acentuada, o primeiro passo é investigar a causa e iniciar um tratamento preventivo.



Portanto meninas, não fiquem desesperadas quando diariamente caírem aqueles fiozinhos de cabelo ao pentear. :) é normal.


DOMINGO ESPECIAL: 
Excepcionalmente neste domingo teremos a 4ª parte e última desta série, portanto, voltarei com mais posts na quarta-feira seguinte para darmos prosseguimento ao nosso calendário de posts aqui na caixa. Todos que acompanham o blog sabem que Segunda, Quarta e Sexta feira são os dias de posts novos por aqui.
Então repito:
A última parte da série será no próximo Domingo e para regular nosso calendário de post, na Segunda feira não terá post, só na Quarta feira.

E é isso! Que satisfação, já está quase acabando e nem acredito!
Espero que tenham gostado e não deixem de comentar.

Beijos